JE T'AIME - LARA FABIAN

LADY - LIONEL RICHIE

19.10.05

Porquê: a única certeza !


Ontem a lua estava inexplicavelmente sinistra.
O sorriso era rubo e o coração sofria convulsamente.
As mãos, impensadamente iradas, tremiam.
A vida ganhava uma nova dimensão para mim:
a exiguidade do tempo!

A saudade que herdei quando comecei a balbuciar incoerências fio a fio, sem saber como, desde e porquê, evaporou-se.
Num minuto eu era um ser novo, renovado!
A incerteza tinha-me deixado.
O amor, esse, permaneceu como dantes em embrião.
Depois vieste tu fazê-lo desabrochar...

Porque vieste?
Porque ficaste?
E o porquê não desarma, não desiste!
O porquê é a constância que se mantem quando a continuidade de uma dúvida começa a vacilar!
O porquê é o atrofiamento da evidência quando a verdade ameaçar revelar!

O porquê é a ignorância que persiste quando o coração de um homem ou duma mulher procura a razão de ser, viver, sofrer, sonhar e amar eternamente!

O porquê, esse mistério indubitavelmente sempre certo!

LUDwig
LMP - 1974

1 comentário:

Askinstoo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.