To love you more - Celine Dion

Lady - Lionel Richie

11.2.08

Malfadada








































Carrego comigo a indiferênça e a desilusão 
dos amores por quem vivi e a quem me dei 
Agora, que vivo carpindo a dor da solidão, 
já não sei mais quem sou nem quem serei 

No meu olhar vítreo se espelha a ausência 
Do fogo abrasador da tórrida paixão 
Que ainda me faz morrer de impaciência 
Quando o amor vem abalar o meu coração 

Neste mundo insano sigo só e insegura, 
Submissa à ditadura do meu triste fado 
E, porque para os erros meus não há cura, 
prisioneira me sinto do meu passado 

Pelos pecados meus, quis a fortuna injusta 
Me abandonar corpo e alma à minha sorte, 
me obrigando a saldar à minha custa 
todos os meus desmandos até à morte...


Lud MacMartinson - LMMP
Luxemburgo

Sem comentários: