JE T'AIME - LARA FABIAN

LADY - LIONEL RICHIE

25.5.08

A Felicidade não se esconde...


http://www.youtube.com/watch?v=CtysNJc5gjw



Olá,
Oi...
como quase todos os dias, hoje levantei-me cedo e já tive a oportunidade de me " encantar " e de experimentar " ápices " de felicidade intensa.
Agora, depois de um café e um banho matinal, sinto-me melhor para aqui vos deixar " crenças " que me ajuda(ra)m a ser - apesar de tudo - muito feliz..., porque, pensando na miséria humana, sei que sou um privilegiado: fui sonhado, concebido, gerado, criado e educado com muito " amor "...

A FELICIDADE, que todos procuramos desesperadamente, não se esconde num lugar distante e inóspito; a felicidade está dentro de nós e de forma bem evidente e cintilante, para quem É, antes de mais, em primeiro lugar e sobretudo, " amante " de si mesmo e faz viver em harmonia o corpo e a alma, sendo coerente entre o que PENSA, o que QUER e o que FAZ realmente.

A FELICIDADE, para ser um desígnio universal da humanidade, logo palpável e exequível, não podia ser algo complicado ou indecifrável.
Contudo e porque - como a Vida - é " dádiva " divina, a FELICIDADE é simplicidade e autenticidade. Acontece que, por vezes, a evidência cega quem vive " obsecado " pelas aparências e mais " interessado " em (a)PARECER do que SER. ( O mundo anda perdido e desnorteado por causa disso! Antes de nos divorciarmos de ALGUÉM ou de ALGO, nós divorciamo-nos de NÓS mesmos; antes de iludirmos alguém, nós deixamo-nos iludir nós próprios. Não admira, pois, que a nossa VIDA seja um DIVÓRCIO permanente e nos mergulhe, amiúde, em crises profundas, que nenhuma medicina ou " milonga " pode sarar realmente.

O MAL SOMOS NÓS ! O REMÉDIO ESTÁ EM NÓS !!!
A FELICIDADE não vive trancada a sete " portas " em nenhum castelo, nem precisa de chave alguma para ser aberta: a FELICIDADE estende o seu manto à nossa volta e " vive " implorando que o peguemos e nos deitemos nele...
Mas por onde andamos nós? Que procuramos nós? Que queremos e fazemos nós? Vivemos obsecados por " manias " de grandeza e por " taras " mesquinhas que nos afastam dela e, nos cegando a " alma ", nos roubam o discernimento e a ingenuidade que descodificam a FELICIDADE...

Há anos, no prefácio de um romance - A Força do destino, publicado em França sob o título La Force du destin - escrevi:

"... A Força do Destino é a história de dois seres, Pat e Cris, que uma paixão fulminante atraiu irremediavelmente e a quem Deus, ou o Destino, elegeu e impôs um calvário purificador, antes de poderem conhecer a inefável felicidade do amor.
Espero que você consiga descobrir também o desígnio da sua vida e canalizar as forças do Sonho, do Espírito e do Amor para que a paz ilumine a sua consciência.
Seja feliz, mas lembre-se que nada é definitivo nesta vida e que jamais poderá desfrutar intrinsecamente da verdadeira felicidade se, por qualquer motivo, a tiver conseguido em detrimento da de outrem. Mais, nunca se esqueça que a felicidade é algo de tão indescritível e único que o mínimo detalhe sem importância pode ser a chave da felicidade de alguém sobre quem terá uma responsabilidade e por quem terá que responder, inevitavelmente, um dia.
Lembre-se ainda que a salvação e a felicidade eternas são uma conquista individual e permanente, porque cada ser encontrará diante si o espelho de tudo o foi e fez nesta vida e aí sim, nesse ápice de verdade, o seu Destino estará traçado para a eternidade.
Que a força do Amor viva consigo para sempre. "

( pode ler A Força do destino em http://lmp-romances.blogspot.com )

Bom, porque vocês são muito inteligentes - pois todas têm - dizem e sei que é verdade - um sexto sentido, não vou escrever mais nada, até porque só vocês são e conhecem verdadeiramente a VOSSA FELICIDADE...


Oi... queridas, porque vocês não são baralho, mas pessoas, fico por aqui...
Seria contraproducente " empaturrar-vos " ! 

Vá toca a eliminar as " toxinas " da alma e do corpo e a " respirar " a " essência " e o perfume da FELICIDADE para que a vossa VIDA seja o jardim onde o arco-íris se possa espelhar em permanência e pintar de mil cores as flores que fazem o coração palpitar de alegria...


Beijos e/ou um abraço
Carpe diem !
Luís

LUD
MacMartinson

1 comentário:

Mariana disse...

Felicidade plena.
Ah, esse tão cobiçado tesouro.
Ler vc ouvindo essa música do vídeo ao lado, é bom demais.
Beijo e bom dia